As Nébulas de Bobby Baq (#Breves Resenhas 1)

14731304_1155183197909906_203757972844640068_n.jpg
Capa de “Nébula”, de Bobby Baq

Conheci o trabalho de Baq na série de poemas “Revide”, organizada pelos projetos Praga (do Victor Rodrigues) e Coquetel Motolove (da Luiza Romão). Rapidamente aquilo me chamou atenção, e acabei adicionando ele no Facebook, onde trocamos alguma ideia.

Na mesma época do vídeo (clique aqui para assistir), ele já preparava para lançar “Nébula”, uma compilação de 60 poemas e 60 colagens. Acabei conhecendo ele pessoalmente na Balada Literária, em São Paulo, onde ele lançava seu livro.

Sem grana, fiquei triste pra caramba de ir embora do evento sem levar um exemplar do livro, mas pouco tempo depois encomendei um exemplar com ele e ele me enviou por correio.

O livro foi editado pela Riacho (www.riacho.me) e conta com um trabalho gráfico impecável, com as colagens feitas pelo próprio Baq e com desenho gráfico de Daniel Eizirik.

15747371_1217230675038491_8312458846649296517_n
Foto retirada da página do autor

Voltado à temática da ausência, o livro possui alguns momentos bastante expressivos sem utilizar construções consideradas “complexas”. Na hora que li os primeiros versos já me lembrei dos comentários sobre o trabalho de Baq no episódio do Arte & Opinião, em que se comenta sobre um ar meio “oriental” de seus poemas, uma aproximação com o haikai.

Em Nébula, mesmo os poemas não seguindo a estrutura tipicamente associada a haikais, há uma espécie de espírito poético em que o sentido das coisas está justamente em sua ausência, no vazio das conexões, naquilo que não está dito.

Mesmo o material do livro leva a essa semântica da ausência: as orelhas do livro estão lá, mas não há nada escrito nelas. Também são ausentes as introduções, os prefácios. As epígrafes tampouco.

É, enfim, um desses livros que sei que não terminarei realmente de ler, porque acho que ele nem termina. Dá vontade de voltar nele, prestar mais atenção, explorar a relação entre as imagens e o texto.

Um livro sobre ausência cuja presença é impossível ignorar.


Acesse as páginas de Bobby Baq:
Facebook
Site

Anúncios

5 comentários em “As Nébulas de Bobby Baq (#Breves Resenhas 1)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s